O Fim do Básico pode ser o Fim de Tudo

ATMOLAND

O Fim do Básico pode ser o Fim de Tudo:

“Há uma notícia que abala o mercado de RPG: a de que a Wizards não deverá mais produzir os três livros básicos do Dungeons & Dragons. No lugar deles, a toda poderosa vai lançar o chamado ‘Essentials’, sistema que virá em caixas, num estilo revival do velho D&D da Grow (que, particularmente, tenho até hoje e guardo como relíquia. Quem sabe pra mostrar a minha filha de três anos como o pai dela conheceu o D&D. Vai que ela vira minha jogadora no futuro… ou mestre para mim!).
A blogosfera RPGística fervilha comentários e boatos sobre o que pode ser o novo D&D 4.5. Para este humilde colunista, a Wizards está dando um tiro no pé.
Os motivos? Vamos lá:
1. Temos muito pouco tempo (apenas dois anos) desde que a Wizards lançou o produto D&D 4e no mercado. Se no início a companhia era elogiada e chamada de vanguardista pela inovação, já que criou um novo sistema de RPG, agora peca pela falta de alternativas por não acreditar num sistema que foi bem aceito no mercado, mesmo que talvez não tenha atingido o ponto que a empresa queria. Resultado: muda tudo. E aí está o erro.
2. Ignorando o atual sistema tão rapidamente e obrigando os jogadores a passarem para um novo (o Essentials), a Wizards não fideliza seu público que estava começando a amadurecer, a realmente parar com a discussão inútil entre D&D 4e x D&D 3.5. Se a Wizards fosse a Coca-Cola, a impressão que tenho é que a Fanta nunca poderia existir, porque não atingiria a mesma marca estratosférica de consumidores que o refrigerante homônimo da empresa.
3. Em termos literários, o D&D 4e do básico começou e no superficial está. Se o D&D 3.5 era um terror para mestres por seu sistema extremamente específico, nove em cada dez MJs se deleitavam com sua literatura excelente. Já o D&D 4e… cruzes! Pegou carona na onda twitter e fez um RPG em 140 caracteres. Lastimável. Quanto mais literatura, mais imaginação. Quanto mais superficialidade, menos ferramentas jogadores e mestres terão para criar suas campanhas. A história de que basta um d20 na mão e uma ideia na cabeça pra sair uma bela aventura dificulta o trabalho do mestre. Dá mais certo se você contar com uma boa biblioteca, cheia de variantes para o próprio mestre e seus jogadores.
4. Agora, a Wizards anuncia que não vai mais produzir o trio básico de livros (Jogador, Mestre e Monstros). Ora, se a estratégia é arregimentar novos jogadores, por que não tornar o atual sistema como um ‘Módulo Avançado’ e fazer da linha ‘Essentials’ um beabá do RPG? Simples. Um produto não queimaria o outro. Mestres do tradicional D&D 4e poderiam usar minis e mapas do Essentials, e o pessoal mais novo em role-playing curtiria o jogo sabendo que há livros que, embora sejam chamados de básicos, aprofundariam a diversão.
5. E a nossa Devir? Não fala nada sobre isso? Se a Wizards parar, ela para também? Livro básico será encontrado somente em sebo ou no 4shared?
Nota do Atmo: A Devevir é uma negação na matéria D&D, é melhor procurar os livros no 4shared do que contar com suas traduções mal feitas. Falando nisso, alguém sabe como funciona o Recipiente Arcano da 3.5? Alguém sabe porque as Orbes foram escrotizadas no Completo do Arcano (em português ficou mais idiota esse nome).
Claro que eu defendo regras simples em RPGs. Diversão coletiva não combina com um calhamaço de normas chatas. Mas minha preocupação é que sistemas muito modernos, com pouco conteúdo literário, possam transformar o bom e velho RPG de mesa, sempre recheado com muito role-playing e imaginação, num jogo insosso e que tenha curta validade na diversão. Você conseguiria jogar por anos o mesmo tabuleiro e as mesmas minis? É o que o Essentials pode provocar. Se fosse sempre isso, eu não teria até hoje a caixa da Grow com o dragão vermelho me olhando (e me amedrontando). Mais do que uma caixa, o velho D&D sabe divertir porque não duvida da inteligência de quem jogava (e joga) até hoje. Vamos ver se a Wizards passa neste teste de Percepção.”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s